Segunda-feira, 14 de Junho de 2021
© Elsa Nibra

A luta contra o estigma

O número de mulheres que decidem criar o seu próprio negócio tem vindo a aumentar, mas nem tudo é fácil, principalmente quando são jovens. É o caso de Joana, Rita, Ana e Carina, quatro jovens transmontanas que arregaçaram as mangas e lutam, diariamente, pelo seu lugar ao sol

-PUB-

Joana Lourenço tem 22 anos e há quatro abriu o próprio negócio, em Lamego. “No início não foi fácil, eu tinha 18 anos. O senhorio disse que eu era uma miúda e que não me ia alugar a loja. Fiquei à experiência e cá estou, quatro anos depois”, lembra, acrescentando que “lidar com os fornecedores também não foi fácil”.

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.