Segunda-feira, 26 de Julho de 2021

Aguiarenses ganham, em média, perto de mil euros

Para assinalar o feriado municipal de Vila Pouca de Aguiar, comemorado a 22 de junho, a Pordata lançou um retrato estatístico do município onde se verifica um aumento significativo do ganho médio mensal dos trabalhadores do concelho, entre 2010 e 2018

-PUB-

É um dos seis municípios do Alto Tâmega e, como tal, tem registado ao longo dos anos uma diminuição da população, uma problemática que é transversal a toda a região. Em oito anos, Vila Pouca de Aguiar perdeu cerca de 1200 habitantes, com o registo de 13.323 em 2010 e de 12.053 em 2018. A maior perda em termos percentuais está na faixa etária abaixo dos 15 anos, nos 3,2%, valor que não é tão alto na população ativa (dos 15 aos 64 anos) onde a perda foi residual (0,8%). 

Numa perspetiva inversa está a população idosa que, de 2010 até 2018, aumentou de 26% para 30,1%, a par de outros concelhos do Alto Tâmega que

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.