Segunda-feira, 14 de Junho de 2021

Aquisição de acelerador linear vai custar 6 milhões de euros

Concurso público já foi publicado. O equipamento era há muito esperado no Centro Hospitalar, que terá outra capacidade de resposta para tratar o cancro.

-PUB-

O Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro (CHTMAD) vai ter um segundo acelerador linear, que há muito era aguardado pelo serviço de radio-oncologia do Hospital de São Pedro, em Vila Real.

O procedimento para a abertura do concurso foi publicitado na segunda-feira em Diário da República e tem um custo de quase seis milhões de euros. 

Elsa Justino, da administração do CHTMAD, referiu que o atual acelerador linear está “em fim de vida”, tem mais de 10 anos, sustentando que era um equipamento “muito importante” para dar outra capacidade de resposta. “Estamos cada vez mais apostados nesta área, onde temos cada vez mais recursos humanos qualificados e esta compra pretende apenas acompanhar esse movimento de aproximação às

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.