Sábado, 20 de Julho de 2024
No menu items!




Aumentaram as vítimas mortais no distrito

Os dados são da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR) e constam do relatório anual de sinistralidade, fiscalização e contraordenações

-PUB-

Olhando para Portugal Continental, foram registados, no ano passado, 32.788 acidentes com vítimas, mais 3.571 que em 2021, quando se registaram 29.217 acidentes. Relativamente à natureza dos mesmos, 51,9% dos acidentes tiveram origem em colisões, seguindo-se os despistes (34,5%).

Entre 2019 e 2022, os principais indicadores de sinistralidade melhoraram (exceto o índice de gravidade, que aumentou 6,1%), tendo-se registado menos 2.916 acidentes (-8,2%), menos 4.816 vítimas (-10,5%), menos 12 vítimas mortais (-2,5%), menos 58 feridos graves (-2,5%) e menos 4.746 feridos leves (-11,0%).

Dos quase 33 mil acidentes registados em Portugal Continental resultaram 462 vítimas mortais,

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

VÍDEOS

Mais lidas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS