Segunda-feira, 14 de Junho de 2021

Autarquia com menos nove milhões de euros no Orçamento

Atual executivo explica que esta diminuição está relacionada por exemplo com o atraso na aprovação do PEDU por parte da CCDR-N. No entanto, a câmara garante que as verbas e as obras transitam para este ano 

-PUB-

O vereador do PSD, Carlos Moreira, revela que o orçamento da câmara de Vila Real em 2018 sofreu um corte de nove milhões de euros. Na prática significa que o orçamento de 2018, que tinha um valor de quase 41 milhões de euros, mas “com a incorporação do saldo de gerência do ano anterior”, levou a um corte de nove milhões, fixando-se num valor a rondar os 31,8 milhões de euros.

Em comunicado, o vereador social-democrata refere que o atual executivo que “por diversas vezes apontou o dedo aos antecessores, por não executarem os orçamentos previstos, sabendo das razões porque o não faziam e às quais eram por vezes manifestamente alheios, não deixa de ser irónico de em tão pouco tempo, ver cair-lhe em cima as mesmas pedras que arremessou”.
Este responsável adianta que, apesar de se ter mudado os atores, com o passar do tempo, “não se aprendeu nada”, uma

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.