Quarta-feira, 20 de Outubro de 2021

Autarquia já investiu cerca de meio milhão de euros em apoios

Desde o início da pandemia que o município em lançado medidas para mitigar o impacto da mesma “quer nas famílias quer no tecido empresarial”. Na última reunião de câmara foram aprovadas outras, tendo a autarquia já investido cerca de 500 mil euros em apoios

-PUB-

Na última reunião de câmara, o executivo aprovou mais um conjunto de medidas para ajudar famílias e empresas a mitigar os efeitos da pandemia de Covid-19. 

Para além do “Voucher – Apoia Valpaços”, de incentivo ao comércio local, o município anunciou a aprovação da “isenção de 50% do pagamento da fatura da água, saneamento, resíduos sólidos e tarifa de disponibilidade da rede, nos meses de novembro e dezembro de 2020, a todos os consumidores do tipo não doméstico, com a exceção das entidades públicas, bancos e obras”. 

Em comunicado, a autarquia refere ainda que “está também em vigor o tarifário social para famílias numerosas e com perda de rendimentos, para quem queira recorrer”.

Este pacote de medidas vem no seguimento de outras já implementadas em setembro e que se traduziram num investimento de cerca de 341 mil euros tais como o Fundo de Emergência Municipal de Apoio às Microempresas, “que beneficiou 286 empresas, num investimento de 150 mil euros”, a oferta dos cadernos de atividades a todos os alunos do concelho, desde o ensino básico ao 12.º ano, “num apoio de cerca de 61 mil euros” e a aquisição de 165 computadores para os alunos que não dispõem de meios tecnológicos próprios, “caso se justifique, novamente, o ensino à distância, num investimento de cerca de 44 mil euros”. 

Segundo o município liderado por Amílcar Almeida, estas medidas, que ascendem a um investimento de cerca de meio milhão de euros, “foram tomadas num momento e numa circunstância que se justificou, não impedindo, porém, que a autarquia esteja atenta à evolução desta pandemia e consequente impacto económico e social, tomando, em tempo útil, se necessário, as medidas que se julguem necessárias em prol das famílias e do tecido empresarial”.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.