Terça-feira, 19 de Outubro de 2021

Armando Moreira

MIRADOURO Ex-presidente da Câmara Municipal de Vila Real. Colunista n'A Voz de Trás-os-Montes
257 Artigos de opinião

Balanço, um ano para esquecer

Nesta questão de balanço, cada um terá a sua visão. O otimista parecer-lhe-á que o copo andou meio cheio, o pessimista meio vazio.

O Inverno dos Povos

Quem conhece alguma coisa de ciência politica, não pode deixar de estranhar esta forma do exercício do poder pelo poder que é hoje muito dominante, um pouco pela Europa a cujo clube pertencemos e em especial nos países com regimes pouco democráticos, quando não, ditaduras mais ou menos expressas.

É Natal

Natal é sempre que um homem quiser. Mas, os homens parece que nem sempre querem. Melhor, não pensam em Natal quando se empenham na guerra.

O Barro Preto de Bisalhães

Há pouco mais de um ano, a Câmara Municipal surpreendeu-nos com a construção de um bem conseguido monumento, alusivo ao barro preto de Bisalhães, de que é emblemática a célebre bilha de segredo.

O 1º de Dezembro e a Defesa Nacional

O país comemorou a devolução do feriado do 1º de Dezembro que assinala no nosso país a Restauração da Independência ocorrida em 1640, quando os Filipes – no caso Filipe IV, teve de abandonar o espaço de Portugal e voltar a Castela.

Figuras

1- Vila Real despediu-se na semana passada de uma figura nada e criada no bairro dos Ferreiros que soube passar pela vida, numa missão de serviço à comunidade, que nos apraz registar.

Guerra Fria

Estão longe de se aquietar as ondas de choque provocadas pelas eleições nos E.U.A. E, como opinámos na semana anterior, parece-nos que o sensato (e...

Furacão Norte – Americano

Está tudo dito sobre este inesperado resultado das eleições para a Presidência do maior país do mundo, os E.U.A.. Duas breves notas de análise a...

Um novo motor para região

O Governo desafiou há dias os cidadãos em geral, para apresentarem propostas para a elaboração do que designou como Orçamento Participativo, tendo destinado uma fatia de três milhões de euros, o que é uma verba irrisória num documento que deverá ultrapassar os 75 mil milhões. De qualquer forma, embora demagógica, a ideia é um princípio de atuação, que muitos portugueses irão aproveitar, para manifestar publicamente as suas sugestões e ideias para o país.

A vida num sopro

A notícia chegou-nos na tarde de terça-feira: Faleceu ontem o Sr. Padre Cardoso e já foi sepultado na sua terra natal em Celeirós. Embora esperada, porque o quadro clínico era conhecido há muito, uma notícia destas surpreende sempre e emociona, em particular aqueles que conviveram mais de perto, durante parte da sua vida.

Ceder a pressões

Bem sabemos que quem governa está sempre sujeito a pressões. É de todos os tempos e de todos os governos, seja qual for a sua cor. Mas às vezes, é demais. Exemplificativamente vamos abordar dois casos, muito recentes e ainda na ordem do dia, bem ilustrativos da inconsistência das decisões, meramente politicas, com prejuízos assinaláveis, para os territórios de baixa densidade, como eufemisticamente são referidas as regiões do interior do país.

Será desta?

O Governo acabou de criar a Unidade de Missão para a Valorização do Interior (UMVI), que tem como objetivo, entre outros, promover medidas de desenvolvimento dos territórios do interior. Nomeou para coordenar este trabalho uma académica da Universidade de Coimbra, a Prof.ª Helena Freitas, que já tivemos oportunidade de felicitar pessoalmente e em público, por ter aceitado este desafio, que, se bem sucedido, pode ajudar a mudar o rosto deste interior, - mais de dois terços do território nacional.