Sexta-feira, 1 de Julho de 2022

Márcia Fernandes

Começou a colaborar com a VTM na secção de Desporto e na revisão. Em 2014 passou a integrar a equipa permanente como jornalista.
3687 NOTÍCIAS

Rebordosa 0 | 1 Vila Real

Numa tarde de muito sol em Rebordosa, o Vila Real entrou da melhor forma nesta fase de subida ao vencer num terreno sempre muito complicado e onde os locais ainda não tinham perdido qualquer jogo na fase regular do campeonato. O golo do avançado africano Ganyo foi suficiente para trazer os três pontos na bagagem para Trás-os-Montes.

Leça 1 | 1 Vila Real

O Vila Real deslocou-se a Leça para disputar o último jogo desta fase, com as duas equipas já com o futuro definido, os locais vão disputar a manutenção e os vila-realenses vão disputar a fase de subida. A jogar sem a pressão do resultado, as equipas mostraram um futebol pouco interessante e o empate acaba por se ajustar, uma vez que na primeira parte os locais foram mais incisivos sobre a bola, e na segunda os transmontanos dominaram por completo e tiveram várias ocasiões para marcar.

Vila Real 1 | 0 Vila Meã

Um golo solitário de Abreu aos 26 minutos garantiu desde já a manutenção do Vila Real nesta terceira divisão nacional. Depois de uma entrada no campeonato pouco auspiciosa, os pupilos comandados por Abel Ferreira deram a volta por cima e acabaram por garantir a manutenção quando falta ainda um jogo para o final desta fase regular. Por isso, toda a estrutura vila-realense está de parabéns pelo feito alcançado.

Alpendorada, 2 | Vila Real, 2

Tarde de sol em Alpendorada onde o Vila Real procurava a segunda vitória na prova fora de portas, depois de uma boa exibição no jogo em casa frente ao Sousense, em que venceu com todo o mérito. Apesar de ter jogado durante toda a segunda parte com mais um jogador, o Vila Real foi incapaz de trazer os três pontos na sua bagagem, fruto do espírito de grupo e empenho dos locais, que lutaram por um resultado positivo e também não mereciam sair derrotados nesta jornada.

Vila Real, 2 | Sousense, 0

Tarde agradável no Monte da Forca, com muitos adeptos a apoiar as duas equipas, num jogo que o Vila Real precisava de vencer para consolidar a sua posição na tabela classificativa. E acabou por ganhar com todo o mérito, já que foi mais forte que o adversário e isso está espelhado no resultado final.

Rebordosa, 3 | Vila Real, 1

Um jogo muito importante para as duas formações, que estavam separadas por apenas dois pontos na tabela classificativa, com vantagem para os transmontanos. Mas, no final dos 90 minutos, as posições inverteram-se, com o Rebordosa a ultrapassar o Vila Real. Apesar de ter dominado o jogo, os visitantes mostraram uma pecha que há muito se sente na equipa, onde falta claramente um homem de área, que remate à baliza. Os novos reforços poderão ajudar a colmatar esta falha, mas ainda não chegaram os certificados internacionais dos jogadores africanos.

PREMIUM

Cesarense, 2 | Vila Real, 1

Mesmo a jogar com dez desde o minuto 40, os vila-realenses jogaram bastante bem, mas não conseguiram trazer um resultado positivo do reduto do líder deste campeonato, o Cesarense, que mostrou muito pouco neste jogo. No entanto, a sorte sorriu aos locais, que foram letais em lances de contra-ataque, em três remates que fizeram à baliza marcaram dois golos, uma eficácia surpreendente dos locais.

Vila Real, 1 | Grijó, 1

A passar por um bom momento na prova, o Vila Real tinha pela frente um duro teste, perante uma equipa experiente que soube equilibrar a partida e sair do Monte da Forca com um bom resultado para os seus intentos. Os adeptos compareceram em força para apoiar a sua equipa, mas desta vez os pupilos de Abel Ferreira não foram além de um empate, mesmo assim continuam no quarto lugar.

Mêda, 0 | Vila Real, 1

Mesmo a jogar com dez desde os 43 minutos, os vila-realenses conseguiram vencer o Mêda e assim subiram ao quarto lugar da classificação. A primeira parte foi totalmente dominada pelos forasteiros, já na segunda tiveram mais dificuldades, com os locais a tentarem chegar à igualdade, mas os vila-realenses uniram esforços e conquistaram a primeira vitória fora de portas.

Vila Real, 2 | Infesta, 0

Muito frio no Monte da Forca, mesmo assim foram muitos os adeptos que se deslocaram para apoiar o Vila Real, num jogo que muito prometia, já que o adversário era o líder da prova. No entanto, o Infesta mostrou muito pouco e saiu vergado ao peso da derrota, num jogo em que os vila-realenses foram claramente superiores.

Serzedelo, 1 | Vila Real, 1

Muitos adeptos vila-realenses deslocaram-se a Serzedelo para ver a sua equipa conquistar um ponto, num jogo em que o equilíbrio foi a palavra de ordem.

“Queremos ficar nos primeiros seis classificados”

O Vila Real não teve um início de época fácil, já que a adaptação aos campeonatos nacionais foi complicada para alguns jogadores, que pela primeira vez competiam neste escalão, que é consideravelmente diferente dos campeonatos regionais.

Vila Real, 3 | Lamego, 1

No início da segunda volta do campeonato, o Vila Real venceu com toda a justiça o Lamego, num jogo em que começou a perder, mas conseguiu reverter o resultado a seu favor, fruto de muito trabalho do colectivo comandado por Abel Ferreira, que acaba assim da melhor forma este ano de 2011.

Vila Real, 3 | Leça, 1

Uma vitória mais do que merecida do conjunto comandado por Abel Ferreira, que fez uma primeira parte de luxo, com um futebol de grande capacidade, com a bola a rodar de pé para pé, apesar de ter oferecido o primeiro golo ao adversário, num lance onde a defensiva e o próprio Cabreca não ficam isentos de culpas.

Vila Meã, 0 | Vila Real, 0

O Vila Real deslocou-se a Vila Meã à procura de conquistar os três pontos, mas apenas alcançou um, o que acaba por ser um resultado positivo para as hostes vila-realenses. No entanto, na parte final da partida, os forasteiros estiveram muito perto de conquistar a vitória, mas o guarda-redes Torcato esteve em grande e negou por diversas vezes o golo aos avançados transmontanos.

Freddy Kobe deixa o SC de Vila Real

O central Freddy Kobe decidiu abandonar o plantel do Sport Clube de Vila Real, mas ainda não se sabem as verdadeiras motivações que levaram o defesa do Gabão a tomar tal decisão. O jogador apenas confirmou a sua saída e não quis revelar o que o terá levado a tomar tal atitude.

Vila Real, 1 | Alpendorada, 0

Num jogo em que as duas equipas procuram pontos para fugir às posições incómodas em que se encontram, o Vila Real acabou por justificar a vitória, com Schuster a converter uma grande penalidade, numa altura em que os visitantes jogavam com menos uma unidade em campo.

Sousense, 2 | Vila Real, 1

Numa tarde solarenga na Foz do Sousa, o Vila Real procurava a terceira vitória consecutiva, mas, do outro lado, encontrou uma equipa mais forte e personalizada que venceu com naturalidade. O Sousense marcou dois golos ainda no primeiro tempo, que acabaram por abalar um pouco a equipa vila-realense, que ainda reagiu, mas o golo de Rudi já veio tarde e não foi suficiente para trazer um resultado positivo de Gondomar.