Terça-feira, 19 de Outubro de 2021

Victor Pereira

Pároco. Colunista n'A Voz de Trás-os-Montes
158 Artigos de opinião

O laicismo

Está hoje em marcha, um pouco por toda a Europa, uma impetuosa operação de laicização das sociedades, no sentido de libertá-las da influência das tradições religiosas (as religiões), deixando-se o espaço público para aquilo que é minimamente consensual entre todos.

Católico Praticante

Habitualmente, usa-se a expressão católico praticante para aquele que participa assiduamente na vida litúrgica da comunidade a que pertence, nomeadamente na missa dominical. O não praticante é aquele que, apesar de aceitar formalmente a fé católica, alheia-se da vida da comunidade, fica-se pela mera adesão intelectual.

O novo alcoolismo

Já são conhecidos estes dados preocupantes: está a surgir, em Portugal e um pouco por toda a Europa, uma nova geração de alcoólicos entre os vinte e os trinta anos;

O drama do suicídio

Segundo notícia do Expresso, vários estudos e relatórios de entidades portuguesas traçam um cenário complexo da sociedade portuguesa. O suicídio aumentou 16% no ano de 2014, com maior incidência sobre as mulheres.

A Debandada da Juventude

Na última visita dos bispos a Roma, o Papa Francisco manifestou preocupação pelo abandono da Igreja da parte da juventude. Porque será? Eu arrisco. Temos a componente cultural.

A Vitalidade das Paróquias

Muitas das nossas paróquias estão a precisar urgentemente de se renovar e revitalizar, na forma e no conteúdo, se querem ser paróquias vivas e fecundas, capacitadas para cumprir a missão de Jesus Cristo. O mundo mudou, com novos apelos e desafios, e muitas comunidades cristãs permanecem no sono do jardim das oliveiras, agrilhoadas a convicções bafientas, esquemas carcomidos, piedades cansadas e insípidas, estruturas lívidas, conquistas e louros do passado.

Jubileu da Misericórdia

Doris Lessing (faleceu em 2013), escritora britânica, deu uma entrevista à revista Visão, em dezembro de 2008. A um determinado momento da entrevista, a intrépida e imprevisível galardoada, que passou a sua infância num colégio católico, afirma: “Eu não era uma católica praticante, estava num convento católico onde se acreditava num Deus muito mau”. Por força de uma educação católica distorcida e incipiente e de muita propaganda anticatólica, que os pais lhe facultaram, rapidamente se considerou “curada” de Deus e assumiu-se ateia para toda a vida. A sua “ideologia” foi a liberdade.

Missas à la Carte

Não faltam por aí opiniões de muitos cristãos e não cristãos sobre como deveria ser celebrada a missa. A verdade é que poucos captam o essencial da missa: é celebração e acolhimento da presença de Cristo ressuscitado, que nos dirige a sua Palavra e nos dá o Pão do seu Corpo, para que a Igreja seja mesmo Igreja e se realize a comunhão entre todos

A compaixão mundana

Anda por aí espalhada uma certa compaixão oca e estéril. A palavra compaixão significa saber sofrer com, entrar no sofrimento do outro e fazê-lo nosso, experimentar com toda a força a dor e o desespero do outro, que nos leve a estar ao pé dele e a agir para o aliviar ou libertar do seu sofrimento. Como diz o Papa, é saber chorar o sofrimento do outro. E nós não fomos muito habituados a chorar o sofrimento dos outros.

O Consumismo Psicológico

Um consumismo que está muito em voga é o psicológico, não deixando de suscitar um misto de curiosidade e de ironia.

Liturgia medíocre

A forma como celebramos a liturgia, o culto público que prestamos a Deus, diz muito do Deus em que acreditamos e da fé que temos.

Seja responsável: vá votar

Compreendo que as pessoas andem desiludidas com a discussão política e frustradas com o fartote de promessas que políticos excitados e delirantes propõem