Quarta-feira, 8 de Dezembro de 2021

Avaria do portão provoca morte a freira

A Irmã Helena Amorim, de 80 anos, morreu no domingo de manhã vítima de um acidente provocado pela avaria do portão do Centro D. Abílio Vaz das Neves, em Macedo de Cavaleiros.

-PUB-

Segundo o que foi possível apurar, a Irmã terá sido atingida pelo portão que dá para a rua, que terá avariado. Ainda chegou com vida ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos profundos provocados pelo portão, vindo a falecer minutos depois de chegar à unidade hospitalar.

Natural de Vila Nova Souto Del Rei, concelho de Lamego, conheceu as Servas Franciscanas Reparadoras de Jesus Sacramentado em Bragança, enquanto trabalhava nas “Casas do Povo”, como na altura eram denominadas as unidades locais de Segurança Social.  Foi admitida ao Postulantado desta Congregação a 19 de março de 1977.

Com uma vida muito preenchida de ligação a Deus e com missões fora do país, como no Brasil, a Irmã Helena Amorim

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.