Sábado, 27 de Novembro de 2021

Bastaram dois meses para receber 20 mil pessoas

Depois de várias décadas encerrado, o Castelo de Montalegre reabriu há pouco mais de dois meses, a 9 de junho, no dia do feriado municipal, e já recebeu cerca de 20 mil pessoas. 
 

-PUB-

Este monumento nacional tem sido, desde então, uma atração turística da região. Quer seja por interessados na sua história, quer seja simplesmente por curiosidade, a verdade é que este castelo se reafirmou como “a porta principal” do concelho. 

“A reabertura ao público aguçou a curiosidade pública. Chegam de todo o lado. Nacionais e estrangeiros, novos e menos novos”, adiantou o presidente da câmara de Montalegre, Orlando Alves, que considerou o “espanto” pela grandeza da obra um elemento em comum nos visitantes. 

“Todos têm em comum o espanto pela perfeição da recuperação arquitetónica operada”, disse, salientando que os números estatísticos, apesar de “notáveis”, não o surpreendem, pois já esperava este desfecho, uma vez que o Ecomuseu de Barroso

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.