Quinta-feira, 29 de Julho de 2021

BE preocupado com destino de “calçada portuguesa” da Avenida

O Bloco de Esquerda (BE) de Vila Real quer saber que destino vai dar o município à “calçada portuguesa”, que será retirada da Avenida Carvalho Araújo.

-PUB-

Em comunicado, os bloquistas questionam a “opção da câmara municipal em desfazer-se do valioso espólio de ‘calçada à portuguesa’, que atapetou os passeios da Avenida Carvalho Araújo durante mais de 70 anos”. Pretende ainda saber “qual será o destino dado a este património”. 

O BE mostra-se ainda “preocupado com o facto de a câmara municipal estar a alienar esta calçada”. 

E considera que “o mais justo para os vila-realenses, e o mais importante para o património da cidade, é usar todo este acervo num local que beneficie toda a cidade, contribuindo, assim, para a sua história e não esquecendo a importante marca que teve durante décadas na Avenida mais emblemática de Vila Real”.

A autarquia, liderada por Rui Santos, esclarece que “os cubos de calcário e basalto que vão ser retirados da Carvalho Araújo serão depositados em instalações municipais, para posterior reutilização de acordo com as necessidades”. Disse ainda que “irá privilegiar, na requalificação da avenida, materiais da região”.

O município recorda que a calçada portuguesa, construída recorrendo a cubos de 5×5 cm de basalto e calcário, revela-se “desadequada à orografia e clima de Vila Real, particularmente perigoso para populações mais envelhecidas ou com dificuldades de locomoção, que poderão facilmente escorregar”.

Sustenta ainda que a

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.