Quinta-feira, 21 de Outubro de 2021
Adriano Sousa
Vereador da Câmara Municipal de Vila Real

Benefícios sociais: Uma questão de justiça

Já não é novidade para ninguém que o Governo se prepara, por imposição da União Europeia, para fazer mudanças estruturais em áreas chave, nomeadamente na legislação laboral, no sector da saúde e no dos transportes.

-PUB-

Neste último, já se conhecem os aumentos do custo dos transportes públicos e perspectivam-se mexidas nos benefícios sociais existentes. O Secretário de Estado dos Transportes afirmou, há uns tempos atrás, que “algo está errado na gestão do sistema de transportes há 40 anos”. Agora veio a constatar-se que o passivo das empresas públicas de transportes era, em Junho do ano transacto, de 15,9 mil milhões de euros, o equivalente ao custo para instalar duas vezes a rede de alta velocidade em Portugal ou fazer três aeroportos de Alcochete.

Recentemente, assistimos a mais uma troca de galhardetes entre o Primeiro-ministro e o líder da oposição sobre a questão dos subsídios ao transporte, mais concretamente sobre o alcance

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

Mais Lidas | opinião

O povo é quem mais ordena

Património e o futuro (II)

Beneficiou da Moratória?

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.