Segunda-feira, 6 de Dezembro de 2021

Câmara Municipal de Montalegre alvo de buscas

Presidente e vice-presidente constituídos arguidos. 

-PUB-

Esta quarta feira, a Polícia Judiciária efetuou buscas na Câmara Municipal de Montalegre. A notícia foi confirmada em comunicado, assinado pelo presidente Orlando Alves, onde é referido que a diligência teve como objetivo "cumprir um mandado de busca e apreensão”, acrescentando que o mesmo foi "emitido no âmbito de um processo iniciado com uma denúncia”.

Sem nunca referir o tipo de processo em investigação, o documento confirma a constituição como arguidos de Orlando Alves e David Teixeira, vice-presidente da autarquia, estando ambos sujeitos à “medida de coação menos gravosa”, o termo de identidade e residência.

Ainda em comunicado, os autarcas “manifestaram total disponibilidade para colaborar com as autoridades”. 

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.