Quinta-feira, 29 de Setembro de 2022

Campanha “Eu Compro no Comércio Local” já começou em Lamego

Mais de 100 estabelecimentos comerciais já aderiram à campanha "Eu Compro no Comércio Local” que a Câmara Municipal de Lamego está a promover durante a quadra natalícia.

-PUB-

No âmbito desta iniciativa, a autarquia oferece vouchers de consumo no valor de 10€ por cada 50€ de compras realizadas até ao dia 9 de janeiro. O objetivo é apelar ao consumo no concelho e ajudar a combater o difícil momento que a economia local atravessa devido à pandemia da Covid-19.

Os vouchers podem ser levantados na Loja Interativa de Turismo (LIT), mediante a apresentação das faturas correspondentes. Os estabelecimentos aderentes a esta campanha estão identificados com um dístico nas respetivas montras e a listagem pode ser consultada em www.cm-lamego.pt

Com o propósito de atrair mais pessoas ao concelho de Lamego, a autarquia está ainda a dinamizar o concurso "Montras de Natal". Esta sexta-feira é o último dia para os lojistas formalizarem a sua candidatura, através do preenchimento da ficha de inscrição, disponível no site da Câmara Municipal e no Balcão de Atendimento do Município. Pela primeira vez, integram este concurso representantes do comércio tradicional fora da cidade e as lojas de rua aderentes recebem um prémio de participação no valor de 50€.

Em simultâneo, a iluminação de Natal já anima a cidade de Lamego que assume este ano particular relevância no estímulo ao comércio tradicional. Uma iniciativa destinada a criar um ambiente de magia próprio desta época e que é realizada no âmbito da Operação Agenda Cultural Dinamização do Comércio Tradicional, cofinanciada em 85% pelo FEDER.

 

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.