Quinta-feira, 30 de Maio de 2024
No menu items!

Ceia de Natal junta “Família” do Colégio da Boavista

Foi uma noite de convívio com uma adesão que surpreendeu todos os participantes. O Conselho de Pais do Colégio da Boavista realizou, na sexta-feira, a Ceia de Natal que reuniu mais de 150 pessoas, entre pais, encarregados de educação, alunos, professores e colaboradores desta instituição.

-PUB-

O encontro realizou-se no restaurante do hotel Miracorgo e terminou na pista de dança da mesma unidade, aberta para este evento. 

“Esta foi uma das primeiras ações do Conselho de Pais, que está ainda em formação, e ficamos agradavelmente surpreendidos com a forte adesão da família boavistana”, sublinhavam em uníssono os membros do Conselho de Pais, uma estrutura ainda em criação, que tem como objetivo final aproximar todos os membros do Colégio. 

A criação desta estrutura partiu da vontade do Colégio da Boavista em dinamizar a participação dos pais junto do mesmo, tendo sido o próprio diretor, António José Gaspar, a desafiar para a constituição desta organização.  “O tempo é de novos desafios. A festejar 90 anos, o Colégio da Boavista é uma instituição focada na qualidade, no rigor e na exigência e é de todo importante contar com o apoio e participação de toda a comunidade escolar, nomeadamente dos pais e encarregados de educação, para atingir estes objetivos”, sublinha o mesmo responsável.

O Conselho de Pais pretende envolver representantes do 1º ao 12º anos e tem como missão “estabelecer o diálogo necessário para a recíproca compreensão e colaboração entre todos os membros da escola; promover e cooperar em iniciativas do Colégio, para que pais e encarregados de educação possam cumprir integralmente a sua missão de educadores, propugnar por uma política de ensino que promova o desenvolvimento equilibrado da personalidade do aluno, promovendo eventos culturais, desportivos e lúdicos”, entre outros objetivos.

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

VÍDEOS

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS