Sexta-feira, 26 de Novembro de 2021

CHTMAD fez mais de 11 mil consultas não presenciais

O Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro (CHTMAD) realizou desde maio mais de 11 mil consultas não presenciais, num total superior a 42 mil, o que evitou a deslocação dos utentes às unidades hospitalares durante a pandemia.

-PUB-

Desde maio, o CHTMAD assegurou “42.260 consultas, 11.330 realizadas na modalidade não presencial”, evitando a deslocação dos utentes às unidades hospitalares. 

Em hospital de dia foram realizadas “cerca de 8.225 sessões, 1.262 cirurgias, das quais 439 efetuadas em regime de ambulatório e 610.966 atos realizados pelos meios complementares de diagnóstico e terapêutica”.

No que diz respeito à atividade de ambulatório, o centro hospitalar informa que o agendamento tem vindo a ser feito para retomar gradualmente a normalidade e recuperar as listas de espera de forma progressiva e, sempre que possível, privilegiando a modalidade da teleconsulta em detrimento da consulta presencial. 

Nesta retoma, “houve necessidade de adaptar os horários das consultas, tendo sido revistos os tempos definidos para primeiras

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.