Sexta-feira, 3 de Dezembro de 2021

Cinco detidos por roubos, burlas e detenção de armas proibidas

O Comando Territorial de Viseu, através do Núcleo de Investigação Criminal de Viseu, deteve, ontem, três homens e duas mulheres, com idades compreendidas entre os 21 e os 49 anos, pela prática dos crimes de roubo, burla e detenção de armas proibidas, nos distritos de Viseu, Porto, Braga, Vila Real e Bragança.

-PUB-

No seguimento das diligências de investigação, que decorriam há cerca de quatro meses, que tiveram início num crime de roubo, ocorrido em janeiro, no concelho de Viseu, apurou-se que os mesmos eram suspeitos de mais de uma dúzia de crimes similares nos distritos de Porto, Braga, Vila Real e Bragança.

Os suspeitos efetuavam burlas, em plena via pública, onde abordavam as vitimas com a justificação de que pretendiam abrir um estabelecimento de compra e venda de ouro. Nos casos em que não conseguiam ter acesso às peças em ouro através da burla acabavam por realizar o roubo por esticão.

Para além de peças em ouro roubavam também as carteiras das vítimas.

Foram efetuadas seis buscas domiciliárias e três a veículos, que culminaram na apreensão de duas viaturas, dois telemóveis, dois tablets,

uma espingarda, 55 cartuchos, sete plantas de cannabis, diversos fios, medalhas, anéis e brincos em ouro e 80 euros em numerário.

Os detidos vão ser presentes hoje, dia 8 de maio, ao Tribunal Judicial de São Pedro do Sul.

A operação contou ainda com o empenhamento de militares do Comando Territorial do Porto, do Comando Territorial de Vila Real e da Unidade de Intervenção, e ainda com o apoio da Policia de Segurança Pública.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.