Sábado, 2 de Julho de 2022

CNIN e CNVR estiveram bem

Decorreu, no dia 17 de Junho, na Piscina Municipal descoberta de Santa Marta de Penaguião, o “I Meeting de Natação do Douro Vinhateiro”, uma organização da autarquia local, com a colaboração da Associação Regional de Natação do Nordeste (ARNN). Estiveram presentes 110 nadadores, pertencentes aos Clube de Natação de Vila Real, Ginásio Clube de Vila […]

Decorreu, no dia 17 de Junho, na Piscina Municipal descoberta de Santa Marta de Penaguião, o “I Meeting de Natação do Douro Vinhateiro”, uma organização da autarquia local, com a colaboração da Associação Regional de Natação do Nordeste (ARNN).

Estiveram presentes 110 nadadores, pertencentes aos Clube de Natação de Vila Real, Ginásio Clube de Vila Real, Clube de Natação Interior Norte, Natação Clube de Chaves, Gespaços (Paços de Ferreira), Serviços Sociais da Câmara Municipal de Paredes e Foca (Felgueiras). Aguardava-se, também, a presença do Vitória Sport Clube (Guimarães), Leixões Sport Clube e Clube de Natação de Alijó, os quais acabaram por não comparecer, devido ao mau tempo que se fez sentir, durante a semana. Caso estivessem presentes todos os clubes, estariam presentes 165 nadadores, o que significa a importância desta prova, para os nadadores que procuram obter tempos de participação para os Campeonatos Nacionais que se avizinham.

O programa contemplava provas de 200 metros Estilos, 100 metros Mariposa, 200 metros Bruços, Estafetas de 4×100 metros Livres, todas para ambos os sexos, nas categorias de Infantis, Juvenis e Absolutos (Juniores e Seniores), assim como provas de 800 metros Livres Femininos e 1500 metros Livres Masculinos.

Os vinte jovens nadadores da Escola de Natação de Santa. Marta de Penaguião nadaram os 100 metros Estilos e os 100 metros Livres.

As provas decorreram debaixo de um tempo instável que alternava entre períodos de chuva e pequenas espreitadelas do sol, o que não afectou a motivação dos valentes nadadores que tudo superaram, perante a presença de um público entusiasmado que, também, não arredou pé da piscina. Para tudo isto, muito contribuiu a excelente organização da autarquia local, quer a nível técnico quer a nível do pessoal de apoio e funcionários da piscina, pela forma como organizaram o espaço e todo o apoio logístico.

O Secretariado da prova e a Arbitragem estiveram a cargo da ARNN, contribuindo para o sucesso que caracterizou esta primeira edição de uma competição que pretende, no futuro, de acordo com os organizadores, marcar posição no calendário dos grandes clubes da Natação portuguesa, das regiões Centro e Norte de Portugal.

De parabéns estão, também, os clubes da ARNN, pela forma como disputaram o “Meeting” e pelos bons resultados alcançados.

Os prémios, medalhas para os três primeiros classificados, por prova / sexo / grupo; e prémios pecuniários para o nadador Masculino e Feminino de cada grupo – que obtivessem a melhor pontuação, pela tabela da Federação Internacional de Natação Amadora (FINA) – foram entregues pelo Vereador Luís Machado, da Câmara Municipal; pelo Presidente da ARNN, José Nóbrega; e pela Direcção do Centro Cultural e Desportivo da autarquia local.

 

CNIN e CNVR estiveram bem

O CNIN/CNVR (clubes em fusão) esteve bem, revelando-se o conjunto mais forte da ARNN, na disputa directa com outras equipas, vindas da Associação do Porto: Gespaços, FOCA e SSCM de Paredes.

Em termos de resultados, de registar a vitória da Estafeta Masculina de 4×100 Livres, com um tempo de 3:50.20, o segundo registo do Torneio, em pontos FINA (569). A nível individual, de registar as Medalhas de Prata de Cláudia Dinis, nos 200 Estilos (2:36.23), a Medalha de Ouro de Marc Moreira, nos 200 Estilos (2:20.36), a Medalha de Ouro de Carolina Guedes, nos 100 Mariposa (1:11.23), a Medalha de Prata de Francisco Fernandes, nos 100 Mariposa (1:01.20), a Medalha de Prata de Cátia Machado, nos 200 Bruços (3:08.23) e a Medalha de Prata de Marc Moreira, nos 200 Bruços (2.36.44).

Em termos de troféu individual, Marc Moreira ficou na segunda posição (em Juniores/Seniores), a mesma obtida por Carolina Guedes, no sector feminino, no escalão de Juvenis. Por último, destaque para a vitória de Cláudia Dinis, em Infantis Femininos.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.