Sexta-feira, 25 de Junho de 2021

Comunidade do Canadá “chocada” com afastamento de padre

Suspeito de abusos de menor, padre Heitor Antunes foi suspenso pelo bispo de Vila Real. Factos já prescreveram à luz da justiça civil 

-PUB-

“Era uma pessoa muito querida junto da comunidade portuguesa aqui no Canadá. Todos estávamos muito satisfeitos com ele”. É desta forma que uma vila-realense, que vive há muitos anos no Canadá, descreve o padre Heitor Antunes, de 49 anos, que foi suspenso pelo bispo D. Amândio Tomás.

Segundo esta residente, a notícia do afastamento foi dada, depois da missa, pelo bispo da diocese de Hamilton, em Ontário, sendo que a reação da comunidade portuguesa foi de “choque”. “Era uma pessoa muito dinâmica, que participava nas nossas iniciativas e gostava de ajudar toda a gente. Ficamos mesmo muito chocados com o seu afastamento”, descreve, adiantando que desde 2016 que já estava junto da comunidade emigrante naquele país

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.