Quinta-feira, 7 de Julho de 2022

Concelho entra no sistema multimunicipal

Barragem do Cabouço e abastecimento de água às freguesias de Alfarela e Vreia de Jales pela Barragem do Pinhão são algumas das medidas asseguradas pela ATMAD para receber o concelho aguiarense no sistema multimunicipal.   O Município de Vila Pouca de Aguiar, representado pelo Presidente da Câmara, Domingos Dias, e a empresa Águas de Trás-os-Montes […]

Barragem do Cabouço e abastecimento de água às freguesias de Alfarela e Vreia de Jales pela Barragem do Pinhão são algumas das medidas asseguradas pela ATMAD para receber o concelho aguiarense no sistema multimunicipal.

 

O Município de Vila Pouca de Aguiar, representado pelo Presidente da Câmara, Domingos Dias, e a empresa Águas de Trás-os-Montes e Alto Douro, S.A. (ATMAD), representada pelo Presidente, Alexandre Chaves, assinaram, no dia 27 (terça-feira), o protocolo para a adesão deste concelho transmontano ao sistema multimunicipal.

Durante estes anos, foi amplamente difundida a discussão sobre a adesão (ou não) do concelho aguiarense ao sistema multimunicipal com o autarca Domingos Dias a assumir “a defesa dos interesses concelhios” no dossier e, desta forma, negociar a integração no organismo, firmada esta semana. O administrador da ATMAD garantiu que o concurso público internacional para a Barragem do Cabouço avança, em 2007, dado que a DRATM (Direcção Regional de Agricultura) “conclui o projecto até Julho e avança com a candidatura”.

Neste sentido, a ATMAD compromete-se a suportar a elaboração do projecto da Barragem do Cabouço e consequente concurso público, ainda durante este ano (que assegurará o abastecimento de todo o Vale Sul) e certifica o abastecimento de água às freguesias de Vreia de Jales e Alfarela de Jales, a partir da Barragem do Pinhão.

Neste protocolo, a referida empresa assume, a breve prazo, avançar com uma Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR), em Sabroso de Aguiar, projectar a construção de emissários e estações elevatórias para servir 10 localidades no Vale Sul, beneficiar a ETAR e emissários de Cidadelhe de Aguiar.

Até ao final deste semestre, a ATMAD coloca em funcionamento a ETAR do Vale Sul e emissário a Vila Pouca de Aguiar, assim como garante o pleno funcionamento dos emissários de Pedras Salgadas e Sabroso (com a devida ETAR) até ao final do ano. Estudo concelhio de abastecimento de água em baixa e águas residuais, contratação preferencial de aguiarenses e reposição do piso utilizado na antiga linha da CP também integram, entre outras medidas, as responsabilidades da ATMAD. O Município de Vila Pouca de Aguiar vai colaborar, nomeadamente, em termos técnicos para o bom funcionamento quer do fornecimento de água, quer da recolha e tratamento de efluentes que integram o sistema multimunicipal.

Após a assinatura do protocolo, Domingos Dias sublinhou o contributo do Município para “a defesa de um melhor ambiente” e que, através das medidas agora consignadas, se vai melhorar a qualidade de vida dos munícipes aguiarenses.

Por sua vez, Alexandre Chaves disse que este “gesto de inclusão” leva Vila Pouca de Aguiar a ter “abastecimento de água em qualidade e quantidade” e, no tratamento dos efluentes, fica “compatível com o que existe de melhor, no país”.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.