Terça-feira, 15 de Junho de 2021

Concelhos do distrito de Vila Real pioneiros com um novo serviço SNS24 Balcão

SNS24 Balcão é um novo espaço que facilita o acesso aos vários serviços digitais do SNS, “de forma rápida, mais próxima e segura”.

-PUB-

Esta tarde, os responsáveis de sete autarquias do distrito de Vila Real assinaram dos protocolos na Câmara Municipal de Vila Real.

O SNS24 Balcão é um novo espaço que facilita o acesso dos cidadãos aos vários serviços digitais do SNS e “resulta da criação de uma rede de parcerias, envolvendo, nesta primeira fase, municípios, juntas de freguesia e Agrupamentos de Centros de Saúde”. “Estas entidades parceiras passam a disponibilizar, nas suas instalações, um SNS24 Balcão com colaboradores devidamente habilitados para prestar apoio assistido ao cidadão”, esclarece o responsável pelos Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS), também responsável pela linha de SNS24, Luís Goes Pinheiro.

Os primeiros SNS24 Balcão entram em funcionamento na próxima semana, em algumas freguesias de abrangência do ACES Marão e Douro Norte (Freguesia de Sanfins do Douro – Alijó; Freguesia de Vila Marim – Mesão Frio; Freguesia de Jou – Murça; União de Freguesias de Galafura e Covelinhas – Peso da Régua; Freguesia de S. Martinho de Anta e Paradela de Guiães – Sabrosa; Freguesia da Cumieira – Santa Marta de Penaguião; Junta de Freguesia de Mouçós e Lamares – Vila Real).

Pensado para os que têm pouca literacia digital, não têm acesso a equipamentos tecnológicos ou até mesmo à internet, este serviço pretende dar as competências necessárias para aceder remotamente aos serviços digitais do SNS, onde as vantagens podem passar por marcar consultas, renovar receitas de medicamentos, realizar uma teleconsulta, consultar resultados de exames, aceder aos guias de tratamento ou avaliar sintomas.

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.