Quinta-feira, 21 de Outubro de 2021

Corresponsáveis na Esperança

É este o título da Mensagem de Natal que os Bispos de Portugal publicaram colectivamente, em virtude de «o Natal ocorrer neste ano em circunstâncias dramáticas para muitas pessoas e famílias». A Mensagem dirige-se a todos os cristãos e «a todos os que se queiram deixar interpelar pela nossa voz». Aquela Mensagem apresenta-se como uma exigência do Natal, pois o Natal de Jesus Cristo, Deus feito homem, tem de celebrar-se em comunhão afectiva e efectiva com a vida dos homens e mulheres do nosso tempo».

-PUB-

Diz que esta crise «tornou mais patentes as grandes carências das pessoas e famílias pobres e excluídas» e «aumentou o número dos que, por haverem perdido o seu emprego e o seu estatuto social, caíram em situações que outrora não se imaginavam possíveis», tornando-se «preocupante o número de novo pobres» forçados à «humilhação de assim se exporem».

Entre as causas desta situação contam-se «os poderosos interesses incontroláveis, nacionais e transnacionais, falta de coragem e de verdade governativas, os exagerados interesses individuais, a desregulação dos mercados, a circulação descontrolada de capitais, a competitividade desumana e sem limites, a cultura e a procura das desigualdades sociais económicos, a insuficiência do diálogo e da concertação, a promoção do

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.