Domingo, 17 de Outubro de 2021

Democracia vai ser tema de debate em congresso mundial

Falta apenas uma semana para a cidade de Lamego receber, pelo segundo ano consecutivo, um dos mais importantes encontros académicos alguma vez realizado no nosso país sobre a temática dos direitos humanos.

-PUB-

Durante quatro dias, de 15 a 18 de janeiro, palestrantes de todo o mundo, sobretudo portugueses, espanhóis e brasileiros, vão refletir e debater a temática dos direitos humanos, "fomentando novas construções de ideias e o desenvolvimento científico a partir de uma perspetiva multidisciplinar".

Professores, pesquisadores, estudantes, bem como membros da sociedade civil interessados nesta área, participam no "II Congresso Global de Direitos Humanos: A defesa da Democracia e do Estado Constitucional: os desafios das organizações e da sociedade civil na contemporaneidade".

Este grande encontro académico vai abordar os desafios que se impõem às organizações e à sociedade civil na defesa da Democracia e do Estado Constitucional, de modo a, segundo a organização, "buscar um maior engajamento e integração entre a academia, instituições governamentais e não governamentais e a sociedade civil, e a contribuir com inovações e propostas que possibilitem a construção de alternativas tendentes a um planejamento para o futuro". 

Com o apoio institucional do Município de Lamego, o "II Congresso Global de Direitos Humanos" conta com o apoio de um vasto leque de instituições e entidades de vários países, nomeadamente a Universidade São Francisco (Brasil), a Facultad de Derecho/Universidad de Salamanca (Espanha), a Universidade Federal do Maranhão (Brasil) e a Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Lamego.

Os interessados em participar devem inscrever-se em www.congressogdh.com

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.