Quinta-feira, 15 de Abril de 2021

Deputados do PSD pedem que mais valias das barragens vendidas fiquem na região

Os deputados do Partido Social Democrata eleitos pelos círculos de Trás-os-Montes, querem a garantia de que as mais valias da venda das seis centrais hidroelétricas em Bragança e Vila Real ficam na região, assim como a sede da nova empresa concessionária. 

Em dezembro de 2019, a EDP anunciou a venda de seis barragens na bacia do Douro (Miranda do Douro, Bemposta e Picote, Foz do Tua, Baixo Sabor e Tua) a um consórcio francês, numa transação que ultrapassa os dois mil milhões de euros. 

O PSD pede agora ao governo que “a venda anunciada seja encarada com especial cuidado e atenção”, considerando que “essas barragens constituem uma riqueza incalculável para o país, não apenas pela energia elétrica produzida, mas também pelo valor das reservas de água disponíveis para múltiplos fins”. 

As recomendações fazem parte de um projeto de resolução apresentado na Assembleia da República pelos deputados do PSD eleitos por Bragança, Adão Silva e Isabel Lopes, e pelos

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.