Terça-feira, 19 de Outubro de 2021
Armando Moreira
MIRADOURO Ex-presidente da Câmara Municipal de Vila Real. Colunista n'A Voz de Trás-os-Montes

Derrocadas na via

A via para o Socialismo, a que a nossa Constituição se refere, e que o PCP visa implantar em Portugal, agora pela mão do camarada Costa, está-se a revelar de uma enorme fragilidade.

-PUB-

Atente-se nas enormes dificuldades detetadas no Orçamento de Estado, documento que tem sido o sustento informativo do último mês. Sobre o Orçamento, já lá iremos. Mas antes, duas notas: A primeira, para referir que esta via para o socialismo, já havia sido tentada em 11 de março de 1975, quando Vasco Gonçalves, então Primeiro-ministro do Governo Provisório, decidiu nacionalizar toda a economia privada. Naquela altura foi fácil, porque não existia ainda Assembleia da República eleita, eram os militares que impunham a cartilha Soviética do Dr. Álvaro Cunhal, ele próprio Ministro Sem Pasta daquele governo.

O Dr. António Costa, “à ordem” do Partido Comunista, (e em concordância com os acordos do governo firmados, de que ainda se

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

Mais Lidas | opinião

O povo é quem mais ordena

Ferrovia Boas Notícias

Beneficiou da Moratória?

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.