Terça-feira, 7 de Dezembro de 2021

Desatenção a fechar o primeiro tempo dita nova derrota

Ambas as equipas partiam para este jogo com o objetivo de retificar as derrotas da última jornada, sabendo, de antemão, os transmontanos, que pela frente iriam encontrar um dos adversários mais fortes do campeonato.

-PUB-

FUTEBOL CAMPEONATO DE PORTUGAL – SÉRIE B

Numa tarde de chuva, de muito frio e com um relvado em péssimas condições foi a equipa da casa que entrou a assumir as despesas do jogo, perante um Vila Real com um bloco mais recuado e a jogar claramente em contra-ataque.

A primeira oportunidade de golo surgiu aos 12’, para o Arouca, através de uma jogada pela direita, mas o cabeceamento de Fábio Fortes não levou a melhor direção.

Dez minutos volvidos o avançado cabo-verdiano cabeceia, novamente, na área, mas Nuno Fernandes resolveu com uma grande defesa.

Aos 27’, variação da esquerda para a direita, no ataque do Vila Real, com a bola a chegar a Cauê que fletiu para

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.