Segunda-feira, 25 de Outubro de 2021

Douro e o Alentejo sãos as regiões mais procuradas

O secretário de Estado do Turismo, Bernardo Trindade, garantiu, em Évora, que o Douro e o Alentejo são as regiões com maior procura de Enoturismo. Uma realidade que o presidente da Turismo Douro, António Martinho, acolheu com satisfação e defende que deve ser criada uma rede de interesses turísticos em Trás-os-Montes, interligados por si, através do enoturismo.

-PUB-

No Dia Europeu do Enoturismo, promovido pela Rede Europeia de Cidades do Vinho (RECVIN), Bernardo Trindade sublinhou que Portugal tem “todas as condições” para se afirmar internacionalmente na gastronomia e nos vinhos, apontando as regiões do Alentejo e do Douro, como as mais desenvolvidas no enoturismo. Este tipo de turismo é um “dos 10 produtos prioritários para o desenvolvimento turístico nacional”, definidos pelo Plano Estratégico Nacional do Turismo (PENT). “Numa visão a 10 anos, prevê-se um crescimento da procura de gastronomia e de vinhos na ordem dos 10 por cento”. Estes dados entusiasmam António Martinho que realça novamente que “o turismo na região do Douro tem de facto muitas potencialidades, a partir do vinho e tudo aquilo que lhe está associado em termos paisagísticos, humanos, culturais e gastronómicos”.

O presidente da Turismo Douro reconhece que a procura está a crescer e resiste à crise, no entanto, defende “uma maior articulação entre os diversos agentes” do sector, nomeadamente através da visitação das adegas, caves e quintas, potencializando a oferta de alojamento, restauração e serviços complementares de elevada qualidade.

Como um desafio futuro, este responsável elencou que deverá ser criada uma forma de organização de modo a que os visitantes permaneçam mais tempo no Douro e atinjam a média de duas noites por turista”. O presidente da Turismo Douro pretende que esta procura turística se estenda a toda a região de Trás-os-Montes. “É fundamental interligar o Douro com o território transmontano, que possui muitas atracções. Temos novas unidades de grande qualidade, que podem representar um outro fluxo de visitação ao Douro.

Em Portugal, a RECVIN é dinamizada pela Associação de Municípios Portugueses do Vinho (AMPV) e pretende dar a conhecer os pontos enoturísticos nacionais e europeus, através de uma série de iniciativas, como visitas a adegas.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.