Sexta-feira, 3 de Dezembro de 2021

Em dias que seriam de festa, cafés e restaurantes têm de fechar mais cedo

Mirandela estaria em festa a partir do próximo fim de semana, festa essa que se prolongava até dia  de agosto.

-PUB-

Não fosse a pandemia, as festas de Mirandela, em honra de Nossa Senhora do Amparo, começavam no sábado, dia 25 de julho. No entanto, a Comunidade Intermunicipal das Terras de Trás-os-Montes (CIM-TTM) decidiu cancelar, há dois meses, todas as festas e romarias dos nove concelhos que a integram, até setembro.

Agora, a câmara de Mirandela fez saber que, nos dias 31 de julho e 1 de agosto, todos os cafés e restaurantes terão de encerrar às 20 horas. Estamos a falar de dois dias que iriam reunir, na cidade do Tua, milhares de pessoas. No dia 31 de julho seria a emblemática noite dos bombos e no dia 1 de agosto realizava-se a procissão em honra de Nossa Senhora do Amparo, terminando com uma sessão de fogo de artificio.

Júlia Rodrigues, presidente da autarquia, explica que "encerrar os estabelecimentos de restauração e bebidas, a partir das 20 horas, nos dias 31 de julho e 1 de agosto, é uma forma de evitar a concentração de pessoas".

A decisão foi tomada depois de uma reunião com as forças de segurança e com a delegação concelhia da autoridade de saúde pública.

“Também todas as situações relacionadas com o lançamento de fogo deartifício foram proibidas tal como a venda e consumo de bebidas alcoólicas nos dias 31 de julho e 1 de agosto", indica a autarca, pedindo "a todos que, caso venham a Mirandela, festejem em casa, com a família ou amigos".

 

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.