Sexta-feira, 20 de Maio de 2022

Empate justo

Lordelo, 0 | Atei, 0

O jogo foi dirigido por um trio de arbitragem da AF de Viseu. O Lordelo entrou bem, a procurar o golo. Logo aos 5’, o golo esteve à vista, após uma jogada iniciada por Nuno Carvalho. O Atei respondia com muita atitude, criando perigo através de bolas paradas.

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

Aos 17’, Zé Henrique, no seguimento de um canto, obriga Luís Silva a grande intervenção. A disputa pela posse da bola era uma constante e, aos 35’, João Magalhães serve Bruno Campeão, que se deixa antecipar na hora do remate. Aos 42’, de novo, Luís Silva a tirar o golo a Lipinho, com uma boa defesa.

Na segunda metade, as duas equipas foram à procura de golos, com o Atei a estar mais perto, já que Lipinho rematou à barra à passagem do minuto 56. Aos 64’, um lance na área do Lordelo causou desconforto aos visitantes, que pediram grande penalidade, mas o árbitro mandou seguir. Já em período de compensação, com a baliza deserta, um avançado do Atei não teve arte, nem engenho para subir o Alvão com os três pontos na bagagem.

Divisão pontual justa, pena foi o pó “cegar” o público em certos momentos do jogo.


FICHA DE JOGO

Campo das Cruzes, em Lordelo
Árbitro: Rodrigo Azevedo (AF Viseu)
Auxiliares: Luís Gonçalves e Beatriz Sales

LORDELO: Luís Silva; Filipe Touças, Ivo Pimenta, Daniel Miguéis (Paulo Carvalho, 81’) e João Magalhães; Nuno Carvalho, Fábio Rodrigues (Zé Adão, 69’) e Bruno Campeão; Diogo Cleto (Fábio Cabral, 81’), Zé Machado e Rafa Saldanha (Tiago Araújo, 58’)
Treinador: Rui Gonçalves

ATEI: Douglas Costa; Carlos Pereira, André, Rafa e Roberto; Giga, Rúben e Lipinho; Zé Henrique, Mocho (Joel, 28’) e Ricardo (Marcelo, 86’)
Treinador: Paulo Ferreira

Cartões amarelos: João Magalhães (44’), Carlos Pereira (77’) e Roberto (93’)

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.