Quinta-feira, 30 de Maio de 2024
No menu items!

Emprego cresce, mas de “forma modesta”

O emprego na Região Norte cresceu 3,5 por cento face ao mesmo período do ano passado, empregando mais 57 mil pessoas. Contudo, o crescimento nas sub-regiões do Douro e das Terras de Trás-os-Montes foi mais modesto, havendo, ainda, concelhos que contrariam esses resultados.

-PUB-

Apesar do ritmo de crescimento do emprego na Região do Norte ter abrandado no 3º trimestre do ano, a taxa de emprego continua a crescer, tendo-se registado um aumento de 3,5 por cento, face ao mesmo período do ano anterior. 

Segundo o relatório emitido pelo "Norte Conjuntura" a sub-região do Douro (3,2%) e das Terras de Trás-os-Montes (1,6%) apresentaram “crescimentos mais modestos”, uma vez que a Área Metropolitana do Porto foi a que registou maior crescimento, da Região Norte, com variações homólogas entre 3,4 e 3,7 por cento. 

De acordo com o extenso relatório, o aumento da taxa de emprego deve-se, em parte significativa, ao crescimento empresarial dos setores relacionados com o alojamento, a restauração e áreas

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

VÍDEOS

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS