Segunda-feira, 29 de Novembro de 2021
©DR

Feira da Agricultura arranca amanhã e mostra preocupações com acidentes de tratores

Os acidentes com tratores estão no centro das atenções na Feira da Agricultura que decorre no fim de semana em Macedo de Cavaleiros com ações de prevenção e segurança no manuseamento destas máquinas agrícolas.

-PUB-

O município transmontano organiza há quatro anos o certame que promove o mundo rural e que se repete entre sexta-feira e domingo, no Parque Municipal de Exposições, com a novidade de incluir uma ação de sensibilização sobre segurança na utilização do trator agrícola.

A ação resulta da preocupação com “os vários acidentes com tratores, alguns deles com vítimas mortais ocorridos no Nordeste Transmontano”, como explicou o vereador com o pelouro dos Mercados e Feiras e do Associativismo Municipal, Rui Vilarinho.

“A formação vai realizar-se no domingo, antes da gincana de tratores, e pretende dotar os participantes de mais conhecimentos sobre o manuseamento em segurança destes equipamentos”, concretizou.

A ação de sensibilização decorre no auditório da Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Macedo de Cavaleiros e conta com o apoio da Direção Regional de Agricultura e Pescas do Norte (DRAPN), da GNR e da Autoridade para as Condições de Trabalho (ACT).

Em análise vão estar temas como o reviramento do trator, e em particular o reviramento lateral, principal causa de morte dos acidentes com estes equipamentos, o Código da Estrada e respetivo quadro sancionatório e os acidentes de trabalho.

Ao longo dos três dias, a quarta Feira da Agricultura de Trás-os-Montes promove também outras palestras e mesas redondas com temas direcionados aos agricultores.

O presidente da Câmara de Macedo de Cavaleiros, Benjamim Rodrigues, destacou a importância desta feira ao promover o mundo rural e o papel das raças autóctones da região, como a Mirandesa, assim como a comercialização das carnes com Denominação de Origem Protegida (DOP).

“Queremos celebrar e dinamizar o mundo rural e destacar a sua importância para o próprio desenvolvimento económico da nossa região”, afirmou.

Durante os três dias do certame decorrem ainda os II Jogos Tradicionais Inter-freguesias com jogos como o fito, o chino, a relha, a corrida de sacos ou os carrinhos de rolamentos, “numa competição entre freguesias que o ano passado juntou cerca de 300 participantes”, um número que o vereador Rui Vilarinho espera que venha a ser ultrapassado este ano.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.