Quarta-feira, 16 de Junho de 2021

Feira do Porco de Boticas com vendas online

A Feira do Porco de Boticas vai realizar-se entre 15 e 17 de janeiro, mas devido à pandemia a organização vai criar uma plataforma para que o fumeiro possa ser vendido ‘online’.

-PUB-

“Temos o dever cívico e moral de ajudar esta gente, que tanto tem feito por esta terra, que continua a viver cá e a criar cá os seus filhos. Temos todos os cenários preparados desde a realização da feira presencial, que é objetivo principal, a feira ‘online’, até um ‘drive-in’ em último caso, para as pessoas escolherem o produto sem sair do carro”, adiantou à Lusa o presidente da câmara de Boticas, Fernando Queiroga.

Embora num formato diferente e dependente da evolução da pandemia de Covid-19, a Feira Gastronómica do Porco de Boticas já tem data marcada, decorrendo entre os dias 15 e 17 de janeiro, e a organização está a elaborar um plano de contingência para ser aprovado pelas autoridades de saúde.

A câmara de Boticas promoveu hoje mais uma reunião com os produtores do concelho e de Montalegre, no âmbito da organização desta feira de fumeiro.

Embora haja reticências pela adesão aos meios tecnológicos, Fernando Queiroga lembra que esta é “uma boa oportunidade” para o futuro.

“A câmara e associação empresarial Mais Boticas irão fazer todo o trabalho. O produtor apenas tem de entregar o produto num determinado local e não tem preocupações com a embalagem, o acondicionamento, comissões de transferências bancárias, pois essas despesas são assumidas pela associação”, revelou, acrescentando que será garantida a qualidade dos produtos vendidos através desta plataforma, tal como é garantida na feira presencial.

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.