Sábado, 16 de Outubro de 2021

Filandorra “celebra” o teatro português

A Filandorra arrancou ontem com a iniciativa "Março o mês do Teatro" para assinalar na região o Dia Mundial do Teatro que se comemora no próximo dia 27 de Março.

-PUB-

Durante todo o mês a Filandorra vai “celebrar” o teatro com uma programação variada e destinada a todos os públicos, entre teatro, formação e animação, que vai percorrer os palcos de 15 municípios (Sernancelhe, Vila Nova de Foz Côa, Penedono, Alfândega da Fé, São João da Pesqueira, Carrazeda de Ansiães, Valpaços, Lisboa-BTL, Vinhais, Sabrosa, Lamego, Vila Pouca de Aguiar, Santa Marta de Penaguião, Vila Real e Vila Flor)  de cinco distritos (Bragança, Guarda, Lisboa, Vila Real e Viseu) com espectáculos de dramaturgos de referência da Literatura Portuguesa, como Gil Vicente e Almeida Garrett, ou os mais contemporâneos como Bento da Cruz e Alexandre Parafita.

No seguimento do trabalho desenvolvido pela Companhia no âmbito da formação de novos públicos/futuros espetadores para o teatro ao longo dos últimos anos, a edição deste ano do "Março o mês do Teatro" é dedicado ao público mais jovem, dando continuidade aos ciclos de teatro para as escolas, com a representação de "Auto da Barca do Inferno" e "Farsa de Inês Pereira" de Gil Vicente, e o clássico "Frei Luís de Sousa" de Almeida Garrett

Um dos pontos altos das comemorações do mês do teatro está reservado para 20 de Março com a ESTREIA NACIONAL em Residência Artística no Centro Cultural Solar Condes de Vinhais da 77ª produção da Filandorra, Diabos e Diabritos…num saco de Mafarricos, com base na obra de Alexandre Parafita para os mais novos. Este novo projeto teatral pretende dar a conhecer o universo fantástico e encantatório da tradição oral, com os seus contos, lendas e mitos, de forma a estimular a curiosidade pelos saberes intergeracionais, descobrir as mensagens culturais das narrações e promover o gosto pela leitura das obras em questão. Às histórias preservadas em livro, e agora transpostas para o palco, foram acrescentadas canções da autoria de Marília Miranda. A Estreia da nova produção acontece no dia em que se assinala o Dia Mundial do Teatro para a Infância e Juventude, criado em 2001 pela ASSITEJ – Associação Internacional do Teatro Para a Infância e Juventude como reconhecimento do direito das crianças e jovens em enriquecer as suas vidas através das artes e do teatro em particular.   

A celebração do Teatro enquanto arte universal acontece em pleno Douro Património Mundial, na cidade de Lamego, onde a Filandorra centra as comemorações do Dia Mundial do Teatro a 27 de Março, com a atividade Dia Aberto no Teatro Ribeiro Conceição, com visitas guiadas aos vários espaços do “scala” do Douro, bem como a representação de "Frei Luís de Sousa" de Almeida Garrett para as Escolas (14h30) e público em geral (21h30), e com entrada gratuita.

As Comemorações do Dia Mundial do Teatro acontecem sob o silêncio do Ministério da Cultura que ainda não definiu uma solução para as Companhias que não obtiveram financiamento apesar de elegíveis por parte do júri no mais recente concurso ao Apoio Sustentado – Teatro da DGartes (Biénio 2020-2021).

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.