Quarta-feira, 7 de Dezembro de 2022
No menu items!
0,00 EUR

Nenhum produto no carrinho.

Funcionária da Associação de Municípios da Terra Quente detida por corrupção

Mulher de 45 anos, técnica da AMTQT, está fortemente indiciada pela prática do crime de corrupção passiva e foi detida pela PJ

PUB

A Polícia Judiciária informou hoje que deteve uma mulher fortemente indiciada pela prática do crime de corrupção passiva, em Mirandela.

No seguimento de um inquérito crime do Ministério Público – Procuradoria do Juízo de Competência Genérica de Mirandela, a PJ procedeu à detenção de uma mulher, funcionária da Associação de Municípios da Terra Quente Transmontana (AMTQT), pela presumível autoria do crime de corrupção passiva.

Em causa estão a adjudicação de contratos de prestação de serviços celebrados entre a Associação Municípios e outras entidades ou empresas, causando prejuízo ao erário público.

Segundo a polícia, a investigação “permitiu apurar que a suspeita, pelo menos desde o ano de 2015, terá violado as suas obrigações funcionais em processos de adjudicação de contratos de prestação de serviços celebrados entre a Associação Municípios da Terra Quente Transmontana e terceiros, causando com essa conduta prejuízo ao erário público”.

Além da técnica da AMTQT, sediada em Mirandela, foram ainda constituídos arguidos mais dois homens e uma sociedade, tendo sido “localizados e apreendidos elementos probatórios relacionados com os ilícitos em investigação”.

A detida, com 45 anos de idade, vai ser presente a interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

PUB

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.