Terça-feira, 15 de Junho de 2021

Gratos pelo “pito”, os rapazes deram a “gancha”

Este fim de semana, a tradição voltou a cumprir-se em Vila Real, com a realização da conhecida romaria dedicada a São Brás.

-PUB-

Ano após ano, a tradição repete-se na cidade transmontana, com todos os rapazes a serem “obrigados” a comprar uma gancha para oferecer às raparigas, de forma a retribuir o “pito” que estas lhe deram no dia de Santa Luzia, no passado dia 13 de dezembro. 

Embora não se conheça, ao certo, a sua origem, acredita-se, porém, que esta tradição tenha começado no séc. IV, no momento em que uma senhora pediu ao santo que ajudasse o seu filho, que tinha uma espinha entalada na garganta. 

A histórica e mítica Vila Velha voltou, assim, no fim de semana, a ganhar vida, junto ao local da capela de São Brás, com vários expositores que aproveitaram para comercializar este doce, em forma de bengala ou gancha, em homenagem ao báculo de São Brás. 

A gancha, feita à base de água e açúcar, não pode falhar, durante estes dias, em casa de todas as vila-realenses. Já o

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.