Sexta-feira, 26 de Novembro de 2021

Jovem vila-realense lança-se no mundo artístico com “Rostos de Papel”

Formou-se em arquitetura e mais tarde em design de moda, mas o bichinho pela pintura e pelo desenho já nasceram com ele.

-PUB-

Bruno Peixoto tem 35 anos, nasceu em Vila Real, e é na cidade natal que se vai lançar no mundo artístico com “Rostos de Papel”, uma exposição há muito no armário, mas que agora pode ser vista no Teatro de Vila Real. 

O conjunto de desenhos, que compõe a exposição, retrata poemas de Fernando Pessoas e está relacionado com o quotidiano, com o amor, a igualdade de género e a multidão, e remontam a 2011. 

Segundo o jovem artista, “os trabalhos fazem parte de um período muito específico daquela época”, altura em que passava por um “processo de autorreflexão” e serviram, assim, de “escape” ao longo do seu percurso.

A paixão pela pintura e pela ilustração não é

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.