Sexta-feira, 3 de Dezembro de 2021

Jovens participam no festival de street art e dão mais cor a Bragança

Quarta edição do SM’ARTE movimentou artistas e alunos de diversas escolas do concelho e IPB que, durante quatro dias, registaram as festas e rituais de inverno pela cidade.

-PUB-

Jovens estudantes do IPB e das escolas do concelho saíram à rua para o festival de street art de Bragança, dando mais cor a diversos espaços da cidade, de que são exemplo as várias caixas de distribuição elétrica ao longo das ruas do centro histórico.

Manuel Trovisco, professor do curso de artes visuais da Escola Secundária Emídio Garcia, responsável pela pintura de caixas na rua 5 de Outubro e na Praça Camões, sob a temática dos caretos e das festas de inverno, considera a iniciativa “um bom exercício para os alunos, pois sai fora da sala de aula”. Para o docente, “um aluno de artes tem que ter esta relação com a cidade, com o meio, e poder intervir de forma positiva, valorizando a cidade. É uma oportunidade de mostrarem o seu trabalho e verem-no reconhecido”, acrescentando que o evento, no qual a escola participa desde a primeira edição, é bastante positivo e permite que “os alunos sintam e cresçam neste ambiente de cidadão participativo e no respeito pelo que é de todos”.

Os alunos dos cursos de artes do Instituto Politécnico de Bragança executaram sete projetos em caixas de distribuição da EDP, uma atividade que Filipe Rodrigues, professor no IPB na área das artes visuais, sublinha ser motivadora para os alunos que saem do seu contexto de instituição, adiantando que, apesar do tema base serem as festividades de inverno, cada grupo de trabalho, constituído por muitos alunos de várias nacionalidades, desenvolveu o seu projeto, sem se desligar das suas referências culturais, tornando os trabalhos mais heterogéneos.

“Este festival é muito interessante e todo o trabalho colaborativo faz sentido, colocando Bragança na moda. É uma cidade cada vez mais atrativa pela oferta educativa e cultural, existindo um conjunto de sinergias relevante”, concluiu o docente.

A quarta edição do SM’ARTE, dedicada ao tema “Festas e Rituais de Inverno de Bragança”, com especial destaque para os caretos, juntou artistas nacionais e internacionais e alunos de várias instituições dando vida a distintos espaços da cidade.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.