Quinta-feira, 7 de Julho de 2022

Maki deixa comando técnico

Maki deixou, anteontem, o comando técnico do Sport Clube de Vila Real. Com o cenário da descida no horizonte, os maus resultados da equipa terão sido alguns dos motivos para o abandono do técnico que chegou a Vila Real para ocupar o lugar de Luís Pimentel que foi afastado, pela Direcção, já no decorrer desta […]

Maki deixou, anteontem, o comando técnico do Sport Clube de Vila Real. Com o cenário da descida no horizonte, os maus resultados da equipa terão sido alguns dos motivos para o abandono do técnico que chegou a Vila Real para ocupar o lugar de Luís Pimentel que foi afastado, pela Direcção, já no decorrer desta época.

Esta decisão do técnico surpreendeu a Direcção, como nos confirmou Artur Ribeiro, “na terça-feira, Maki chegou ao treino semanal, mas já não o realizou, uma vez que nos comunicou que pretendia sair do comando da equipa”.

Segundo este responsável, Maki frisou que não sentia condições para continuar o seu trabalho, em Vila Real.

“Chegámos a acordo, ficou tudo liquidado e, agora, temos que continuar a trabalhar. Ele optou por sair e nós só tivemos que aceitar a sua decisão”.

Nos próximos dias e, provavelmente, até ao final da época, será o até agora técnico-adjunto, Carlos Libório, a assumir os treinos e a liderar a equipa.

Não se descarta a possibilidade de Armando, mais conhecido por “Solas”, ex-jogador do clube, se juntar a Carlos Libório, para trabalharem em conjunto, como já o fizeram nas camadas jovens do clube.

Entretanto, hoje, quinta-feira, haverá uma reunião, entre a Direcção, a nova equipa técnica e os jogadores, para esclarecer algumas situações pendentes, nomeadamente os salários em atraso.

 

MF

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.