Quinta-feira, 7 de Julho de 2022

Margarida Matos é campeã

Decorreu, nos dias 17 e 18 de Fevereiro, na cidade de Vila Nova de Gaia, a prova Nacional “Taça Fundação”, com a presença de várias Associações nacionais e da vizinha Espanha. Esta prova disputa-se por equipas, havendo uma prova paralela, para iniciados, masculinos e femininos. Presentes estiveram as Associações do Algarve, Andaluzia, Astúrias, Aveiro, Braga, […]

Decorreu, nos dias 17 e 18 de Fevereiro, na cidade de Vila Nova de Gaia, a prova Nacional “Taça Fundação”, com a presença de várias Associações nacionais e da vizinha Espanha. Esta prova disputa-se por equipas, havendo uma prova paralela, para iniciados, masculinos e femininos.

Presentes estiveram as Associações do Algarve, Andaluzia, Astúrias, Aveiro, Braga, Bragança, Lisboa, Madeira, Setúbal, Viana do Castelo, Vila Real, Porto e Viseu, todas elas com muitos atletas, transmitindo uma imagem colorida e brilhante da enorme evolução que o Ténis de Mesa Nacional apresenta, na actualidade. Igualmente foi interessante a presença da volumosa assistência que acorreu ao Pavilhão Gimnodesportivo da Escola C+S de Canidelo, para assistir a partidas de alto nível, como aconteceu entre as equipas juniores da Madeira e do Porto, tendo a primeira equipa ganhado o torneio, nesse escalão, pelo resultado tangencial de 3-2.

De realçar a equipa feminina de Vila Real que subiu ao pódio, para receber um brilhante 3.º lugar que muito honra o trabalho desenvolvido pelas atletas, cuja equipa era constituída por Erica Alexandre, Sara Hermenegildo e Sara Martins, do CTM de Chaves, e Cátia Pinto, do Arrabães. Em primeiro lugar, ficou a equipa da Andaluzia e, no 2.º posto, a equipa da Associação de Ténis de Mesa do Porto.

A equipa de Vila Real teve uma boa prestação, embora ficando vencida, mas não convencida.

“Esta equipa pode e tem obrigação de manter uma postura de jogo mais dinâmica, mais consistente e, se tal acontecer, poucas serão as equipas com uma formação equivalente” – palavras de José Matos, Presidente do CTM de Chaves.

Na prova internacional de Iniciados Femininos e Masculinos, de realçar o primeiro lugar conquistado, com todo o mérito, por Margarida Matos, que, na final, venceu a andaluza Laura Garcia, por um claro 3-0, não dando, sequer, hipóteses à sua opositora de marcar qualquer “set”. De facto, na tarde das finais da prova, Margarida Matos estava no seu melhor, pelo que foi bem merecido o primeiro lugar desta tão importante prova nacional.

João Imaginário foi um atleta em realce, na categoria de Iniciados Masculinos, tendo sido derrotado pelo atleta do Guilhabreu, A. Rosa, o qual disputou a final. Demonstrou estar muito motivado e poderia ter alcançado um lugar melhor do que o 6.º, na classificação geral.

A prova teve a presença de muitas individualidades nacionais e da vizinha Espanha, sendo de realçar a presença do Presidente da Federação Portuguesa de Ténis de Mesa,

 

António Almeida

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.