Quinta-feira, 18 de Julho de 2024
No menu items!

Médicos de família “ajudam” polícias a prevenir o ‘Burnout’

É um problema transversal aos trabalhadores, que são colocados em situações cada vez mais exigentes e de pressão. As forças de segurança não são diferentes e o Burnout é típico em pessoas altruístas que se dedicam muito ao emprego.

-PUB-

Nos polícias, o suicídio é um “problema dramático” e o Burnout é uma das causas que leva a essa prática que é preciso evitar, conforme explicou à VTM o segundo comandante da PSP de Vila Real, Horácio Carvalho.

“Nos últimos 20 anos, Portugal teve mais de 160 casos de suicídio nas forças de segurança, o que representa o dobro da taxa da população em geral. Esta ação foi muito interessante e serviu para aprendermos a ver sinais de alerta, técnicas de relaxamento, que podem fazer a diferença para evitar essas situações dentro da polícia”.

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

VÍDEOS

Mais lidas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS