Terça-feira, 15 de Junho de 2021

Mesão Frio passa a dispor de equipa móvel de Apoio à Vítima da APAV

A câmara, em colaboração com a Associação Portuguesa de Apoio à Vitima (APAV) está a implementar o projeto Equipa Móvel de Apoio à Vítima (EMAV) de Violência Doméstica e de Género no concelho.

-PUB-

O projeto tem como objetivo central otimizar e fortalecer a intervenção no apoio às vítimas de violência doméstica e de género, bem como a sua ação ao nível da prevenção e sensibilização para estas temáticas.

Esta equipa, através de um grupo de trabalho multidisciplinar, tem como objetivo a prestação de serviços gratuitos, confidenciais e qualificados, de apoio emocional, jurídico, psicológico e prático, a vítimas de violência doméstica e de género, para todos os residentes do concelho.

A Equipa Móvel de Apoio à Vítima funcionará no Gabinete de Ação Social da Câmara Municipal de Mesão Frio, uma vez por semana, todas as segundas-feiras, das 9:30 horas às 13:00 horas e as marcações deverão ser feitas através do contacto telefónico 962 100 511 ou presencialmente, no Gabinete de Ação Social.

O projeto será apresentado no próximo dia 14 de dezembro, data a partir da qual a equipa multidisciplinar de técnicos iniciará formação, para o pleno exercício e funcionamento desta resposta de apoio. O objetivo é incrementar uma resposta de nível diferenciado, otimizando e reforçando a intervenção do Gabinete de Ação Social de Mesão Frio, através do envolvimento ativo de diferentes profissionais e de entidades de distintos contextos de intervenção. Pretende-se, igualmente, fortalecer o auxílio a vítimas de violência doméstica e de género, bem como, prevenir e sensibilizar para estas temáticas, através da dinamização de ações junto da comunidade escolar, grupos vulneráveis e população em geral.

O Município de Mesão Frio procura, desta forma, dinamizar uma estratégia com impacto social positivo para toda a comunidade, especialmente junto dos grupos mais vulneráveis, nomeadamente as pessoas idosas que se encontram isoladas e prestar uma cooperação mútua de proteção e apoio aos cidadãos, identificando e referenciando situações de violência.

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.