Sábado, 31 de Julho de 2021

Moradores reclamam mais segurança em escadas no Pioledo

Autarquia promete resolver o problema com a colocação de corrimãos nas escadas em causa 

 

-PUB-

“Nestas escadas já caíram várias pessoas. Também eu já aqui caí”. Este é o desabafo de Zeferino Boal, que disse à VTM que já alertou por “diversas vezes a autarquia de Vila Real” para o problema, mas até agora continua tudo na mesma. 

“Estou farto de pedir à câmara para colocar pelo menos os corrimãos. Disseram que vinham, mas até agora nada”, lamenta, adiantando que as escadas “são da responsabilidade do setor público”. “Já há três anos que tenho andado a pedir e sinto que me andam a enganar. Há poucos dias acabei por cair nas escadas perto do cabeleireiro, mas, felizmente, não me magoei muito”.

Os moradores referem que era necessário reforçar a segurança, com a colocação de corrimãos nas escadas que servem os prédios do Pioledo, que ajudaria muito quem tem de subir e descer naquele local, sobretudo as pessoas mais idosas. 

Outra residente na zona, Maria Barroso, também se mostra preocupada com a situação, uma vez que passa ali muitas vezes e não se sente segura ao passar nas escadas. “Tenho receio ao descer as escadas, porque podemos desequilibrar-nos e cair. Por isso, era necessário reforçar a segurança. Aliás, era mesmo um apoio indispensável para as pessoas, sobretudo as menos jovens”. 

Maria Barroso acrescentou ainda que tem uma irmã que apenas sai de casa se tiver alguém para a ajudar a descer aquelas escadas. “A minha irmã tem de vir sempre amparada, porque não pode descer as escadas sozinha”. No entanto, “se tivesse um corrimão ao meio, era muito mais fácil para ela vir ao café ou à rua”. 

Esta moradora conta ainda que recentemente um “homem caiu e levava um garrafão de vidro que se partiu e acabou por se magoar bastante”. 

Os moradores dizem que o problema é fácil de resolver. “Era importante comporem isto, porque passa aqui muita gente e

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.