Quarta-feira, 17 de Agosto de 2022

Mulher baleada detida no hospital na posse de droga

A mulher, de 31 anos, que foi baleada ontem na rixa na zona do Teatro, foi detida no hospital de Vila Real, por posse de produto estupefaciente, confirmou a PSP em comunicado.

-PUB-

Em comunicado, a PSP de Vila Real refere “uma das pessoas suspeitas foi detida no referido Centro Hospitalar por posse de produto estupefaciente, aquando do reforço policial naquele local”.

A PSP sublinha que, ontem, pelas 18h00, receberam informação no Comando Distrital de Vila Real, via 112, que dois grupos de pessoas se encontravam em confronto na Avenida Alameda de Grasse, em Vila Real. “De imediato, Polícias das Esquadras de competência genérica, de Trânsito, de Fiscalização e de Investigação Criminal deslocaram-se para o local, tendo identificado quatro suspeitos da prática do crime de rixa, oriundos das localidades de Lordelo e Lage, ambas do concelho de Vila Real”.

Da rixa resultaram três feridos, duas mulheres com ferimentos de arma de fogo e um homem com objeto desconhecido. Todos os feridos foram encaminhados para o Hospital de Vila Real, sendo que o homem teve alta, pouco depois de ter sido assistido. Uma das mulheres feridas, com de 18 anos, apesar de ter sofrido ferimentos na cabeça, recebeu igualmente alta durante o dia de ontem. Uma outra mulher, com 31 anos, atingida no abdómen, permanece naquela unidade.

Acrescentou ainda que esta ocorrência “envolveu o arremesso pedras, paus e a utilização de armas brancas e de fogo e decorrerá de um ‘compromisso de casamento’ que envolve uma menor e outras questões associadas ao negócio da venda de estupefaciente”.

A Polícia sublinha que já reforçou a presença e visibilidade ostensiva em ambos os locais, sendo que o objetivo fundamental “é continuar a privilegiar o sentimento de segurança e confiança dos Vila-realenses, continuando uma estratégia de intervenção visível, organizada e sistemática, de combate à criminalidade em geral e ao crime de tráfico de estupefacientes em particular”.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.