Quarta-feira, 29 de Maio de 2024
No menu items!

Município acusa Resinorte de “má gestão”

Denúncia surgiu depois de várias queixas da população das localidades em redor da infraestrutura por causa do mau cheiro e das descargas que a empresa faz na rede de águas pluviais

-PUB-

“Um possível derrame de lixiviado proveniente do aterro sanitário, localizado na rede de águas pluviais da autoestrada A24 à entrada do acesso da EM313-1 para a A24, junto ao nó do aterro sanitário” foi a gota de água que fez transbordar o copo relativo ao tema da infraestrutura localizada em Mosteirô, na freguesia de Andrães. 

Depois das inúmeras queixas da população e constatada a gravidade da situação e comprovada no local, a Câmara Municipal de Vila Real decidiu denunciar o problema às autoridades competentes. “Fizemos queixa à APA, à CCDR-Norte, à GNR e ao SEPNA para que ajam em conformidade e também contactamos a Resinorte, que hoje gere aquele aterro sanitário, no sentido de uma vez

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

VÍDEOS

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS