Quinta-feira, 7 de Julho de 2022

Na era digital o papel ainda tem uma palavra a dizer

Especialistas debateram o futuro da imprensa com a transformação constante das novas tecnologias e acreditam que o fim do papel não está próximo. Apesar de admitirem que vivemos numa era digital, a preferência dos leitores continua a ser o papel.

Com o mundo constantemente em plena evolução e transformação tecnológica, onde a adaptação humana à realidade virtual é, cada vez mais, recorrente no dia a dia de todas as entidades institucionais e empresariais, o jornal “A Voz de Trás-os-Montes” promoveu, no sábado, no âmbito da celebração do seu 70º aniversário, um debate sobre o futuro da imprensa. 

O jornalismo na era digital foi o assunto que esteve sobre a mesa. Numa altura em que o papel se encontra, constantemente, ameaçado com o crescimento imparável das novas tecnologias, o debate prendeu-se com a importância das redes sociais como meio complementar ao jornalismo e com o “mito alarmante” associado ao fim do papel e à sua substituição pelo

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.