Sexta-feira, 3 de Dezembro de 2021

Nataniel Araújo eleito presidente da Concelhia do PSD

Novo presidente assume um projeto de “união, mas também de renovação”, com o enfoquenas eleições autárquicas 

-PUB-

Nataniel Araújo é o novo presidente da Comissão Política de Secção do PSD de
Vila Real para o biénio 2020/2022. 

Os vice-presidentes são Miguel Esteves e Mário Costa. Alina Sousa Vaz é a secretária-geral e Nuno Saavedra Costa é o tesoureiro. Já a Assembleia de Secção será presidida pelo deputado na Assembleia da República Luís Ramos.

“Por Um PSD Forte” foi o lema da única candidatura à liderança social-democrata, com Nataniel Araújo a realçar que “a nossa missão será facilitada por contarmos com uma equipa de militantes competentes, dedicados e disponíveis para servir a causa pública e servir Vila Real”, adiantando que se trata de “um projeto de união, mas também de renovação”. 

O novo líder acrescenta ainda que “assumindo o legado do PSD no nosso concelho, iremos materializar a criação do Conselho Consultivo enquanto órgão interno de apoio à tomada de decisões desta comissão política, onde reunirá militantes históricos e antigos autarcas, sob a coordenação do anterior presidente da Assembleia Municipal, Pedro Ramos”.

De acordo com um comunicado enviado às redações, “o principal objetivo desta comissão política passará forçosamente pela preparação das eleições autárquicas de 2021”. “Queremos, em articulação com todas as estruturas do partido, dar o nosso contributo para mobilizar os militantes

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.