Quinta-feira, 7 de Julho de 2022

Nave “pelas costuras”, mas AAUTAD/Realfut não deu “pano para mangas”

Centenas de pessoas marcaram presença, na Nave de Desportos, no dia 5, para assistir ao encontro entre a equipa da Associação Académica da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (AAUTAD)/RealFut e o Benfica, jogo realizado no âmbito da quarta jornada do Campeonato Nacional de Futsal, e que terminou com o marcador a ditar a derrota […]

Centenas de pessoas marcaram presença, na Nave de Desportos, no dia 5, para assistir ao encontro entre a equipa da Associação Académica da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (AAUTAD)/RealFut e o Benfica, jogo realizado no âmbito da quarta jornada do Campeonato Nacional de Futsal, e que terminou com o marcador a ditar a derrota para a equipa da casa (2-8).

“Não reconheci a minha equipa”, lamentou Fernando Parente, técnico dos transmontanos que, depois de quatro jornadas do campeonato, pela primeira vez se mostrou desagradado pelo desempenho dos seus jogadores. Segundo o treinador, a sua equipa esteve “muito mal, na primeira parte do jogo”, altura em que os erros representaram “brindes” para os benfiquistas.

“Parecia que era a primeira vez que estavam a jogar juntos”, reflectiu Fernando Parente, continuando o rol de críticas à equipa que “mostrou falta de postura e lucidez, na hora de tomar decisões”, um completo “desnorte”.

O marcador da partida foi inaugurado, ao segundo minuto de jogo, pelo benfiquista Zé Maria que, aliás, três minutos mais tarde, foi o responsável, também, pelo segundo golo do encontro.

Pouco depois, Berto conseguiu reduzir a vantagem da equipa visitante. No entanto, até ao apito para intervalo, os encarnados acabaram por chegar, por mais duas vezes, ao golo (Ricardinho, aos 6 minutos e Sidnei, aos 10).

Na segunda metade da contenda, a evolução do marcador foi idêntica aos vinte minutos iniciais, com o Benfica a aumentar a vantagem, com os golos de Ricardinho e João Marçal, nos primeiros sete minutos complementares, seguidos pelo golo de Nito e ficando o marcador completo, com os ataques bem-sucedidos de Miguel Almeida e, mais um vez, de Ricardinho (2-8).

Apesar do descontentamento evidente de Fernando Parente com o desempenho dos seus atletas, Edil Amarante, treinador do Benfica, considerou que foi “um jogo difícil” e que “a UTAD não facilitou”.

De salientar que a Nave foi pequena, para receber todos os vila-realenses que quiseram apoiar a AAUTAD/RealFut ou, em muitos casos, o Benfica, tendo ficado dezenas de pessoas fora do pavilhão desportivo universitário.

Na próxima jornada, o plantel de Fernando Parente viajará até Perafita, para se encontrar com o Freixieiro que, na última jornada, conseguiu um empate, frente o Fundão, classificando-se, nesta altura, na segunda posição da tabela classificativa, enquanto os vila-realenses ocupam o penúltimo lugar.

 

Maria Meireles

 

FICHA TÉCNICA

 

Jogo disputado na Nave de Desportos da UTAD, em Vila Real.

AAUTAD/REALFUT – Telmo (G.R.), Zira, Nito, Ivo, Paulo Duarte, Berto, Vítor Hugo (G.R.), Cunha, Hélder, Mingo, Tiago Carriço e Lincon.

Treinador: Fernando Parente.

S.L.BENFICA – Rogério (G.R.), Pedro Costa, Arnaldo, Zé Maria, Gonçalo, Ricardinho, Carlos, Miguel, Sidnei, João Marçal, Zé Carlos (G.R) e Amandus.

Treinador: Luís Vieira.

Ao intervalo: 1- 4.

Marcadores: Berto e Nito, para a AAUTAD/RealFut; Zé Maria (2), Ricardinho (3), Sidnei, João Marçal e Miguel Almeida, para o Benfica.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.