Segunda-feira, 14 de Junho de 2021

“Noite de Gala” vai distinguir plataforma de criação artística de Lamego

Um dos mais importantes espaços do acervo artístico do Douro Património da Humanidade - o Teatro Ribeiro Conceição - celebra  o 11º aniversário da sua reabertura ao público, um equipamento cultural que produz desde então um profundo impacto na vida cultural da cidade e da região onde está inserido.

-PUB-

 O processo de requalificação garantiu a preservação da fachada e a decoração do interior, inspiradas na arquitetura das grandes salas de teatro italianas, dotando, em simultâneo, o edifício com equipamento moderno audiovisual e sonoro.

A sala de espetáculos mais bela da região duriense já pertence aos lamecenses, ao Douro e a Portugal, afirmando-se, todos os dias, pela excelência da sua programação e pelo serviço público que presta a bem da cultura.

Durante a "Noite de Gala" que vai decorrer naquela data, será feita a outorga do "Prémio de Mérito Cultural – Medalha de Mérito Municipal Grau Ouro" ao galardoado da edição 2019: a "Zigur Associação Cultural", uma plataforma que fomenta a criação artística e o desenvolvimento cultural, constituída maioritariamente por jovens lamecenses, que, por razões académicas e profissionais, vivem noutras cidades, desenvolvendo um conjunto de eventos na região e intervenções culturais localizadas, com especial ênfase no incentivo e apoio à criação artístico-cultural.

Depois da atuação do TRanÇa, projeto de dança criado no seio do TRC, o público será convidado a assistir à comunicação "A dinâmica empresarial dos brasileiros de torna-viagem e o desenvolvimento de Lamego na 1ª metade do século XX", proferida por Isilda Monteiro, doutorada em História.

Tal como ocorrido em edições anteriores, a atribuição do Prémio de Mérito Cultural dá direito, por inerência, à atribuição da Medalha de Mérito Municipal de Grau Ouro.

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.