III Passeio TT Trilhos de Favaios

Como já vem sendo um hábito, mais uma vez a Adega Cooperativa de Favaios abre as suas portas à aventura. Jipes e motos enchem de cor e alegria as suas instalações em Lugar dos Pousados, de mãos dadas com a bela vila de Favaios, glorificada como Aldeia Vinhateira, uma designação atribuída em 2001 pela UNESCO, já que se trata de uma região única com uma paisagem deslumbrante e de tradições seculares.


Com o objetivo de juntar todos os amantes do TT e demostrar tudo de bom que existe no concelho de Alijó, desde a gastronomia ancestral até às magníficas paisagens do Douro, vai ter lugar a 8 de fevereiro a terceira edição dos Trilhos de Favaios, que promete muita adrenalina e convívio. O percurso tem início em Favaios, por volta das 10h00, passando por Alijó, São Mamede, Castedo. Segue um reforço alimentar com porco no espeto, na Quinta da Levandeira do Roncão, em Vilarinho de Cotas. Daqui, a caravana segue em direção a Favaios para o almoço, no restaurante o “Cleto”.

O passeio engloba duas vertentes distintas para jipes e para motas. Os jipes terão de fazer um percurso de 40 a 45 quilómetros, e as motas terão de fazer o dobro, num percurso onde os participantes poderão encontrar alguns obstáculos, no entanto, para quem não se quiser aventurar nas maiores dificuldades há sempre alternativas.

Este evento tem vindo de ano para ano a ganhar adeptos, uma boa surpresa para quem começou há três anos com esta aventura. Rafael Batista, da organização, sublinha que a primeira edição “contou com 60 participantes, um número que aumentou significativamente na edição anterior em que estiveram presentes 200 aventureiros”. Já no domingo, a organização espera receber 250 a 300 pessoas, o que “será muito bom” para a afirmação deste Passeio TT.

Rafael Batista convida todos os amantes do TT a participar nesta iniciativa, pois “será um dia inesquecível e que vão querer repetir no próximo ano, sempre em fevereiro”.

A maioria dos participantes vem de fora da região, sobretudo do distrito do Porto. “Já estão confirmadas pessoas vindas de Rebordosa, Paredes, Porto, Gondomar, Viseu e Aveiro”, concluiu Rafael Batista.

Uma última nota para referir que as inscrições podem ser feitas no próprio dia, no local onde se dará a partida para mais uma aventura única por terras durienses.

Comentários